Dom, 28 de Agosto de 2016

 

Ultimas Atualizações
Notícias

GUIA DE ARRECADAÇÃO 2016

Administrador - Sex, 18 de Maio de 2012

Para visualizar e imprimir a Guia de Arrecadação do Dissídio.

clique aqui guia 2016.

(8700)

ASSEMBLEIA APROVA REAJUSTE SALARIAL 2016

Sindicato - Sex, 24 de Junho de 2016

Os trabalhadores gráficos de Porto Alegre reuniram-se em assembléia no dia 23/06/2016 para avaliação da proposta salarial em relação ao período 2016/2017.

Além dos valores dos pisos normativos estabelecidos (abaixo relacionados), foram concedidos os seguintes reajustes:

  • a) Salário até R$ 3.000,00 (três mil reais), percentual de 9,91% (nove vírgula noventa e um por cento), retroativo à data base. O percentual incidirá sobre o salário da convenção que vigorou no período de 01/04/2015 a 31/03/2016.
  • b) Salário superior a R$ 3.000,00 (três mil reais), percentual de 9,91% (nove vírgula noventa e um por cento), retroativo à data base, sobre o valor de R$3.000,00 (três mil reais), e sobre o que exceder ao referido valor, percentual de 5% retroativo à data base e percentual de 4,91 em 01/08/2016. Os percentuais incidirão sobre o salário resultante da convenção que vigorou no período de 01/04/2015 a 31/03/2016.

 

  • Apenas pa esclarecimento, o INPC do período revisando (de abril de 2015 a março de 2016) foi de 9,91% (nove vírgula noventa e um por cento).

 

  • Foram estabelecidos os seguintes pisos normativos na vigência da convenção:
Grupo A = R$ 1.986,60
Grupo B = R$ 1.900,80
1º Grupo = R$ 1.808,40
2º Grupo = R$ 1.577,40
3º Grupo = R$ 1.361,80
4º Grupo = R$ 1.262,80 (observar § 4º);
5º Grupo = R$ 1.232,00 (observar § 4º);
Não catalogados = R$ 1.203,40 (observar § 4º);
  • O percentual de reajuste do item b a ser concedido em 01/08/2016, de 4,91%, se aplica sobre o salário resultante da CCT 2015/2016 e não sobre o salário integral já reajustado pelos 5%na data base.
  • Os valores das diferenças retroativas à data base deverão ser pagas com salários da competência de julho.

 

  • As demais cláusulas econômicas e sociais foram mantidas, inclusive a Participação nos Resultados de 25% do salário base do trabalhador. O valor da participação não poderá ter patamar inferior a R$ 359,34 (trezentos e cinquenta e nove reais e trinta e quatro centavos), nem superior a R$ 538,90 (quinhentos e trinta e oito reais e noventa centavos).

 

A Convenção Coletiva de Trabalho com vigência de 1º de abril de 2016 a 31 de março de 2017 está sendo finalizada para registro no sistema mediador do Ministério do Trabalho e Emprego e oportunamente será enviada às empresas.


Circular da Federação em pdf clique aqui.

(721)

Enquete
Visitantes Online
Nós temos 3 visitantes online